Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços, fornecer-lhe um acesso mais rápido aos mesmos e personalizá-los através da análise dos seus hábitos de navegação. Ao continuar a navegar, concorda com a sua utilização. Para mais informações, consulte a nossa política de cookies.

x

iDROLOCiDROLOC

iDROLOC é um sistema de deteção de fugas que emprega hélio como gás marcador para realizar inspeções sem interrupção do serviço de água aos utentes.

É útil para a deteção de fugas de água quer em condutas de grande extensão e diâmetro quer em pequenas canalizações de distribuição e aduções, dentro e fora do centro urbano. Propõe uma alternativa mais precisa e eficaz que os métodos acústicos convencionais e deteta fugas que passam despercebidas com estes últimos.

Funciona segundo a premissa de que o hélio é mais leve do que o ar, pelo que tende a ascender de forma natural até à superfície graças ao facto de a concentração de hélio na atmosfera terrestre ter um valor constante.

 

Descrição do processo

A metodologia de trabalho de iDROLOC consiste em injetar hélio nas águas a montante da zona a inspecionar para forçar a sua dissolução na água que o transporta.

No lugar da fuga, a água perdida vai impregnando o terreno, ao mesmo tempo que o hélio se liberta da água pelo fenómeno de dessorção até alcançar a superfície do terreno.

Posteriormente, supervisiona-se a rede com um sistema automatizado que vai recolhendo amostras em intervalos definidos do ar contido na superfície do terreno pelo qual transcorre a condução.

Visto que o hélio se encontra em muito baixas concentrações de forma natural no meio ambiente, quando iDROLOC deteta hélio em concentrações superiores às normais indica a existência de uma fuga na rede de água inspecionada.

Alberto Jiménez Contactar

Características

  • É fácil de manusear; só é preciso um operário para o utilizar.
  • As fugas localizam-se com precisão, o que poupa tempo e recursos em reparações.
  • Deteção eficaz de fugas durante vários dias após a injeção tanto em redes em serviço como fora de serviço.
  • Não afeta a saúde pública nem a qualidade da água.
  • Equipamento de inspeção totalmente portátil. A sua exportação e transporte para qualquer parte do mundo são simples.

Funcionalidade

  • Possibilita a localização de fugas em condutas de grande extensão, onde os métodos acústicos convencionais não são funcionais.
  • Não se vê afetado por sons ou vibrações que possam interferir nos sistemas de procura de fugas e localiza fugas antigas que sofrem processos de dissipação de ruído devido a encharcamento.
  • Permite caracterizar de maneira aproximada o tamanho das fugas e priorizar a reparação por parte do gestor da rede.
  • É a melhor forma de encontrar fugas em canalizações de plástico e/ou com baixas pressões na rede, sem necessidade de pontos de acesso.
  • É capaz de realizar procuras de fugas complexas em redes de aquecimento e refrigeração de sistemas urbanos.
  • Utiliza-se em canalizações em serviço e não requer ajustes prévios como o fecho de válvulas, a modificação de bombeamentos, etc.
  • Permite realizar o teste de estanquidade em zonas setorizadas.
  • É apto para realizar testes de carga em canalizações antes da sua colocação em serviço.
  • Pipe Condition Assessment. Permite analisar o estado das aduções e das juntas de condutas de grande diâmetro.
  • Serve para calibrar modelos matemáticos: marcação real de condutas, sentido dos fluxos de água, verificação de abertura e fecho de válvulas, etc.
  • Emprega-se como detetor de fraudes (ligações ilegais) em condutas de qualquer tipo de diâmetro.

PROCURA DE FUGAS EM CANALIZAÇÕES EM SERVIÇO, ORÃ (JULHO DE 2013)

No início do verão de 2013, a Aqualogy realizou uma campanha de procura de fugas com o sistema iDROLOC na rede de abastecimento de água potável de Orã, gerida pela Société de l’Eau et de l’Assainissement (SEOR).

Os trabalhos centraram-se em duas zonas características sensivelmente diferentes com resultados favoráveis em ambos os casos. Numa primeira fase, os trabalhos realizam-se nas principais artérias da rede, mais inacessíveis, de 300 a 1000 milímetros de diâmetro, e com um traçado que seguia ao longo das ruidosas e concorridas vias de tráfego de Orã. Numa segunda fase, procuraram-se fugas numa zona de baixas pressões, em canalizações de PVC/PE com um diâmetro de 50 milímetros.

O balanço da procura de fugas com gás marcador nos cerca de 12 km de distribuição e 7 km de redes de transporte foi de 56 fugas detetadas no total.

PROCURA DE FUGAS EM CANALIZAÇÕES EM SERVIÇO, TARRAGONA (JUNHO DE 2013)

Em junho de 2013, a EMATSA requereu a localização de uma fuga numa conduta de água de cerca de 500 metros de comprimento que passa por baixo da avenida Roma, em Tarragona, uma das vias mais transitadas da cidade.

Os trabalhos, que duraram três dias e permitiram a localização da fuga, teriam sido especialmente complicados com os métodos acústicos de procura de fugas convencionais devido ao grande ruído que gera o trânsito existente na avenida. A deteção e posterior reparação habilitaram novamente um troço de canalização que até àquele momento estava fora de serviço.

PROCURA DE FUGAS EM CANALIZAÇÕES EM SERVIÇO, DETROIT (NOVEMBRO DE 2013)

No final de novembro de 2013, a filial americana da Aqualogy, USG, utilizou o sistema iDROLOC para a deteção de fugas na rede de DETROIT WATER & SEWERAGE DPT e detetou três fugas num traçado de canalização de ferro fundido de 1200 m. Para isso, foi necessária a realização de duas injeções de hélio, uma com uma lança de injeção e outra através de hidratantes, dada a impossibilidade de aceder à canalização.

Os equipamentos da USG-Aqualogy realizaram uma inspeção do traçado da canalização, que passava parcialmente por baixo do asfalto e, noutros troços, por baixo da terra, durante 3 km e 3 dias de trabalho, o que lhes permitiu localizar duas uniões de canos deterioradas, pelas quais se escapava a água, e outra fuga de grande intensidade que escoava para os esgotos. Esta ação evidencia claramente a versatilidade do sistema iDROLOC desenvolvido pela Aqualogy, que pode ser utilizado em qualquer terreno e com qualquer tipo de diâmetro de canalização.

PROCURA DE FUGAS EM REDES DE ÁGUA A ALTAS/BAIXAS TEMPERATURAS, LISBOA (MARÇO DE 2014)

iDROLOC estava aqui perante um novo repto: detetar fugas em redes de água quente ou fria. A empresa Climaespaço requereu a localização de fugas nas suas redes de distribuição de água fria que não se conseguiam detetar através dos métodos tradicionais. Este tipo de canalizações, tal como acontece com as de calor, conta com um forte isolante térmico que evita a dissipação de energia calórica, o que provoca que a deteção de fugas com sistemas acústicos perca eficácia.

O sistema iDROLOC, baseado na deteção de fugas com gás hélio, permitiu a localização de uma fuga de 95 m3/dia numa das canalizações principais destinadas à refrigeração urbana de edifícios. Após a realização de uma injeção de gás hélio na rede, a fuga detetou-se com precisão numa canalização de 300 mm de diâmetro e uma profundidade de 4,5 metros.

A Aqualogy pôde utilizar o robot iDROLOC nesta operação apesar da dificuldade de dissolver gases em condições tão adversas. Com esta atuação põe-se em evidência a capacidade de adaptação e a eficiência de iDROLOC para enfrentar os desafios mais exigentes do setor industrial.